FLUMANIA - A História do Fluminense - Capítulo IV - Ídolos

Fluminense e Flu Boutique inauguram busto de Castilho

Maior goleiro do Fluminense ganha busto na sede do clube

Flumania

Castilho, o maior goleiro da centenária história do Flu, foi imortalizado na manhã do dia 20.10.2006 em solenidade na sede do tricolor com a inauguração de um busto, próximo a entrada do clube.

Em 2006, ano em que Castilho completaria 60 anos de sua estréia no Fluminense a Flu Boutique que este ano também completa 25 anos de Laranjeiras, lançou o projeto. Parte dos recursos vieram da comercialização de uma camisa fantasia, em número limitado e em três versões nas cores cinza, preta e azul - inspirada no modelo que o saudoso arqueiro usava quando defendia o Flu.


Réplica da camisa azul

Réplica da camisa cinza


Réplica da camisa preta


A partir da idéia de Remo e Pascoal Bruno da Flu Boutique, que que arcaram com os custos da homenagem, a proposta foi levada aos conselheiros Heitor D'Allincourt e Carlos Miranda que a encaminharam a diretoria sendo prontamente aceita. O filho de Castilho agradeceu e elogiou a iniciativa tricolor.


Detalhe do busto I

Detalhe do busto II


Parte superior do monumento


Placa comemorativa


Detalhe do busto III


Além da imprensa, do Presidente Roberto Horcades, dos quatro goleiros do atual elenco tricolor - Fernando Henrique, Diego, Ricardo Berna e Luís Cetin -, ex-jogadores também marcaram presença na comemoração.


Roberto Horcades, Diego, Luís Cetin, filho e o neto de Castilho, Ricardo Berna e Fernando Henrique


Pinheiro, Jair Santana, Ceninho, Escurinho, Paulinho, José Amoroso Filho, Jardel, Ricardo Cruz, Adalberto Martins e Carlos Alberto Torres compareceram à homenagem. O Capita foi o porta-voz dos ex-tricolores e declarou:

- Na minha carreira fui privilegiado por jogar ao lado de grandes jogadores. Castilho simplesmente foi o maior goleiro do mundo e o Fluminense, que é um dos poucos clubes no Brasil a reconhecer seus ídolos, está mais que de parabéns - reconhece o lateral do último título carioca de Castilho pelo Flu, em 1964.


O filho de Castilho ao lado de Carlos Alberto Torres


O filho e o neto do goleiro, Carlos Roberto Castilho e João Victor, respectivamente, estavam presentes a solenidade.

- É um dia de alegria para nós familiares. Estou muito emocionado e orgulhoso. Considero mais do que justa essa homenagem a meu pai que dedicou sua vida ao único clube que defendeu na carreira. Isso é legal porque ajuda a nova geração a conhecer a história do Castilho - disse o filho do ídolo tricolor.


O filho de Castilho, Carlos Roberto Castilho e o neto João Victor



Remo Bruno e Pascoal Bruno da Flu Boutique com os goleiros do elenco atual



Volta aos nossos ídolos inesquecíveis

Volta a HP inicial da História do Flu



    
   
HISTÓRIA   |   VÍDEOS   |   ÁUDIOS  |   ESTATÍSTICAS  |   FALE CONOSCO
Desde 2002 Copyright © FLUMANIA.com.br
O conteúdo deste site é de propriedade intelectual do "Flumania Online" e fica expressamente proibida a utilização de qualquer material nele contido por parte de outros sites sem prévia autorização de nossa equipe.